Pedaço de Mim está entre séries mais vistas no mundo na Netflix

Nova produção brasileira da Netflix, Pedaço de Mim se tornou uma das séries mais vistas do serviço e se confirma como sucesso

A novela Pedaço de Mim estreou na última sexta-feira (5/7) e tem feito sucesso na Netflix. Vendida como melodrama e série, a produção, que tem Juliana Paes como protagonista, está entre as mais vistas no streaming em todo o mundo.

De acordo com dados divulgados pela Netflix, a produção é a quinta mais assistida entre as séries no TOP Global de produções de língua não-inglesa feitas para a televisão.

Desde a estreia, há cinco dias, a série acumulou 1,8 milhão de visualizações.

Na trama, Liana engravida de dois homens diferentes ao mesmo tempo e precisa tomar decisões que podem assombrá-la para o resto da vida, além de esconder alguns segredos para seguir em frente.

Paloma Duarte sobre Pedaço de Mim: “Temas difíceis, mas necessários”

Pedaço de Mim chegou ao catálogo da Netflix nessa sexta-feira (5/7) e aparece como uma opção para quem ama novelas, mas também aprecia conteúdos um pouco mais curtos. Com uma temporada de 17 episódios, a trama conta a história de Liana (Juliana Paes), uma mulher que engravida de dois homens diferentes ao mesmo tempo — o marido, Tomás (Vladimir Brichta), e o irmão de sua melhor amiga, Oscar (Felipe Abib).

A trama, no entanto, aborda assuntos delicados. Um dos gêmeos de Liana é fruto de um estupro, aquecendo debates sobre violência sexual e o aborto. “Quando filmamos isso, nunca imaginamos que essa discussão estaria tão quente. Acho importante lembrar que cada mulher é uma mulher, são discussões individuais, e está aí o perigo da regra, de determinar o que a mulher está afim”, avalia Paloma Duarte, que interpreta a médica Silvia na trama.

Irmã de Tomás, Silvia será uma das primeiras a saber que Liana está grávida de dois homens diferentes e também a descobrir que uma das crianças é fruto de um abuso. Ela será responsável por acolher e mostrar as opções da protagonista.

“Essa série levanta temas muito difíceis. Que não são agradáveis de serem discutidos, mas são profundamente necessários”, reforça ainda a atriz.

Quem também falou sobre o assunto foi João Vitti, que interpreta o par romântico de Silvia, Vicente. De acordo com ele, a trama propõe uma reflexão individual que vai variar de acordo com as referências de cada pessoa. Ele defende, contudo, que a descriminalização do aborto é um caso de saúde pública.

“Você vai ver, e é só homem dando pitaco sobre o que a mulher vai fazer com o corpo dela. A gente tem que calar a boca e dar essa liberdade [para as mulheres], que é um direito”, avalia o ator.

Romance em meio ao caos de Pedaço de Mim

Vicente é também o homem que aparece para mudar a vida de Silvia. Mãe de Inácio (Vitor Valle), a médica vive em função do filho, que sofre com perda de visão, mas vai começar a se abrir para outros ângulos da vida na companhia do também médico.

“Ele é esse cara que traz um sopro na direção da liberdade [para a vida da Silvia]. Ele acolhe, encoraja, a incentiva, é um cara bacana”, adianta João Vitti.

Do outro lado, Silvia é uma mulher que foge da instituição casamento e que viveu a vida solteira até que o filho chegasse à adolescência. “Acho importante abordar uma mulher que recusa o casamento, que está bem sozinha. É bacana poder sair um pouco dos moldes do que é considerado uma situação ideal para uma mulher”, avalia ainda Paloma.

Sob os olhar do vilão 

Impactado e empolgado com a história de Pedaço de Mim, Felipe Abib interpreta o grande vilão da novela, Oscar, a um playboy metido a empresário e que consegue se safar sempre que apronta por causa da influência e dinheiro do pai.

As características do personagem foram bem pensadas para aproximá-lo dos espectadores. “A ideia é não ser um vilão ao pé da letra, mas sim mostrar que essa pode ser uma pessoa muito próxima de você e que ela pode cometer esse tipo de abuso”, explica o ator.

Ele afirma que estudou muito para executar o personagem, que passeia entre ser odiado e atrair a atenção das pessoas.

“Sei que esse personagem vai ser muito polêmico e muito importante para esse momento de transformação social. Estou muito grato de fazer isso, apesar de ser bem detestável o personagem”, avalia Abib.

 

Fonte: Beatriz Queiroz/Metrópoles

Comentários