Paraná propõe lei de fortalecimento da Primeira Infância com entrega de kits

A proposta é entregar kits compostos por produtos de cuidados com saúde, bem-estar e lazer

O Governo do Estado encaminhou nesta terça-feira (06) um projeto de lei à Assembleia Legislativa para a implantação do Programa Nossa Infância Paraná , que tem como principal objetivo fortalecer as ações de cuidado e atenção à Primeira Infância. Ele será executado pela secretaria do Desenvolvimento Social e Família junto com a secretaria da Saúde, além de instâncias municipais.

A proposta é entregar kits compostos por produtos de cuidados com saúde, bem-estar e lazer. O programa atenderá famílias em situação de vulnerabilidade em todo o Paraná, desde que cumpram critérios estabelecidos, como acompanhamento pré-natal, cumprimento de calendário vacinal, entre outros.

“O Nossa Infância Paraná surge em um contexto de preocupação com as condições de vida das famílias em situação de vulnerabilidade social. Queremos promover ações mais concretas para promover o bem-estar das crianças desde os primeiros momentos de vida. Sabemos da importância da Primeira Infância, dos cuidados nos mil primeiros dias de vida e por isso vamos fortalecer essa área. Queremos que o Paraná seja o Estado da Primeira Infância”, destacou o governador Carlos Massa Ratinho Junior.

“Teremos um impacto muito positivo com o Nossa Infância Paraná, não apenas nas vidas das famílias que serão beneficiadas, mas também em todo o Estado. Ao proporcionarmos um começo de vida mais digno e saudável para os nossos recém-nascidos, estamos construindo uma sociedade mais justa e inclusiva, garantindo o bem-estar infantil”, destacou o secretário do Desenvolvimento Social e Família, Rogério Carboni.

A implementação do programa envolve uma abordagem estratégica, que inclui a identificação e o alcance das famílias em situação de vulnerabilidade, bem como a distribuição eficiente dos kits. Equipes dos Centro de Referência de Assistência Social – CRAS serão responsáveis por avaliar as necessidades das famílias e coordenar a entrega dos kits, garantindo que cheguem às mãos dos que mais precisam.

Os investimentos do programa serão do Fundo Estadual de Combate à Pobreza do Paraná - Fecop/PR.

 

Fonte: AEN