Eleições unificadas definem conselheiros tutelares

Disputas foram acirradas em Santo Antônio da Platina e Jacarezinho

Escolha dos novos conselheiros tutelares aconteceu no último domingo (6) em todo o país - Foto: Antônio de Picolli

Foram escolhidos os conselheiros tutelares que atuarão pela garantia dos direitos da criança e adolescentes durante os próximos quatro anos. Em todo o país milhares de pessoas foram às urnas para as eleições unificadas no último domingo (6). Na região (Norte Pioneiro), apesar de algumas polêmicas envolvendo determinados critérios para as candidaturas, o pleito transcorreu dentro da normalidade prevista.

As disputas mais expressivas aconteceram respectivamente em Santo Antônio da Platina e Jacarezinho, os dois maiores colégios eleitorais da região.

Vale lembrar que para a candidatura ser validada, os concorrentes passaram por uma série de provas e avaliações, administrados pelos Conselhos Municipais dos Direitos da Criança e do Adolescente. Somente os aprovados puderam estar na disputa das urnas.

Em Santo Antônio da Platina foram eleitos: Edvaldo de Arruda, com 929 votos, Marcelo Marcos, com 808 votos, Simone Santana, com 785 votos, Anderson Luiz, com 614 votos e Renata Cristina, com 587 votos, 17 a mais que Silvana Aparecida, primeira suplente.

Em Jacarezinho foram eleitos: Bruna Gomes Silva, com 856 votos, Gabriel Carvalho, com 691 votos, Ledievy Pereira, com 636 votos, Rosa Maria Cher, com 564 votos, e Liliane dos Santos Pain, com 461 votos, apenas 3 votos de diferença para o primeiro suplente, Luiz Carlos Duarte, e 11 votos para a segunda suplente, Adriana Xavier do Carmo.